O Sinditamaraty participou, nesta quarta-feira (30), juntamente com outras entidades sindicais e representantes das carreiras típicas de Estado, de reunião no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

Na oportunidade, o sindicato consignou que, apesar da categoria ter recebido o reajuste sem assinatura de acordo com o Governo Federal, tomará todas as medidas judiciais e de mobilização necessárias para o cumprimento da Lei 13.464/2017, sancionada pelo Presidente da República, em julho deste ano, que trata do reajuste dos servidores públicos federais.

O posicionamento do Sinditamaraty é uma reposta à decisão do Governo Federal de voltar atrás e postergar esse reajuste concedido em lei.  

Entrar
x
x
x