Felicidade dá lucro. Em palestra com esse tema, realizada nesta terça-feira (3), no Auditório Petrônio Portela, no Senado Federal, Márcio Fernandes, 42 anos, considerado Executivo de Valor do setor de energia em 2016, afirmou que a base da felicidade no ambiente de trabalho é o propósito. “Quem tem um porquê, enfrenta qualquer como”, argumentou usando a frase de Viktor Frankl. A vice-presidente do Sindicato Nacional dos Servidores do Ministério das Relações Exteriores (Sinditamaraty), Camilla Santos, prestigiou o evento.

Segundo o administrador de empresas, que foi nomeado aos 36 anos para a presidência da Elektro (uma das maiores distribuídoras de energia do país), o segredo está em mapear os propósitos de todas as pessoas relacionadas ao negócio e convergir esses interesses. “Se não for com as pessoas, a empresa (organização) morrerá”, frisou.

Para a representante do Sinditamaraty o conteúdo apresentado vem ao encontro do que a entidade acredita. “Entendemos que o Itamaraty tem um corpo de servidores qualificados, que tem um sentimento de pertencimento ao órgão. O objetivo dessa gestão que se inicia é de entender os anseios e individualidades dos servidores e de buscar a construção de um ambiente saudável e motivador. ”

A pesquisa Riscos Psicossociais ao Trabalho no Itamaraty feita pela Universidade de Brasília, a pedido do Sindicato, identificou que os servidores necessitam de participar das decisões e sentem falta de espaço para voz. “Estamos em busca da convergência de propósitos”, disse Camilla.

O presidente do Sinditamaraty, Ernando Neves, que está em missão na Embaixada em Teerã, no Irã, já entrou em contato com o palestrante para trazê-lo para conversar com os servidores do MRE. A expectativa é que a palestra ocorra no início do ano que vem. 

Entrar
x
x
x