A Organização Mundial da Saúde (OMS) preconiza que as crianças sejam amamentadas até os 2 anos. Em sintonia com essa recomendação, o Sinditamaraty sugeriu à Administração do Ministério das Relações Exteriores (MRE) a implementação do Programa Mãe Nutriz em benefício das servidoras do órgão.

 

“Essa proposta reafirma o nosso compromisso com a promoção da saúde e a qualidade de vida dos servidores no ambiente laboral. Acreditamos que a Administração irá se sensibilizar com o tema”, pontuou o presidente do Sindicato, Ernando Neves.”

A inciativa, já executada em outros órgãos como Senado Federal e Tribunal de Contas da União (TCU), visa a regulamentar a redução da jornada de trabalho para 6 horas ininterruptas. A ideia é possibilitar o convívio, a continuidade da amamentação e o pleno desenvolvimento da criança após o retorno da licença maternidade. 

Entrar
x
x
x