O Sindicato Nacional dos Servidores do Ministério das Relações Exteriores (Sinditamaraty) questionou a administração do Itamaraty sobre a ausência de um plano de capacitação para os servidores do órgão, na contramão do que estabelece a Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoal da administração pública federal direta, autárquica e fundacional (decreto nº 5.707/06).

Em ofício, protocolado nessa segunda-feira (09), o Sindicato se colocou à disposição para participar da construção de uma política de capacitação moderna e adequada às necessidades do MRE.

“Acreditamos que uma política construída com a participação do Sinditamaraty, bem como das outras entidades representativas do ministério, é o melhor caminho para modernizar e melhorar os fluxos de trabalho na SERE e nos postos no exterior”, diz trecho do documento.

Confira aqui a íntegra.

Entrar
x
x
x