O Sinditamaraty se reuniu, nessa quinta-feira (5), com representantes da Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST). O objetivo do encontro foi estreitar os relacionamentos com a entidade, que contribuiu, significativamente, para o fortalecimento do Sindicato Nacional dos Servidores do Ministério das Relações Exteriores ao longo desses dez anos de existência.


“Nosso intuito é de caminharmos ainda mais perto com a Nova Central, principalmente neste momento de desmonte das organizações sindicais, por parte do governo, e da precarização do serviço público no país. Queremos desenvolver uma agenda comum, entre as entidades, para que os servidores e, demais trabalhadores brasileiros, possam ter seus direitos garantidos”, afirmou o presidente do Sindicato, João Marcelo Melo.

 

O presidente da Nova Central, José Calixto Ramos, pontuou o orgulho da entidade em ter participado do fortalecimento do Sinditamaraty. “Ter colaborado com a construção deste Sindicato é motivo de orgulho para o nosso quadro de dirigentes. O Sinditamaraty traz, no bojo de sua trajetória sindical, a constante da inovação, da superação de desafios e do gradual e permanente aumento de seu capital político com os seus representantes e demais instituições republicanas”, ressaltou.

 

Além dele, esteve presente na reunião o presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB), João Domingos Gomes dos Santos. Ele convidou o Sindicato para participar da elaboração de estratégias no que tange a Reforma Administrativa. “Nosso objetivo é de não perder o foco para o avanço desta agenda governamental que pretende acabar com a estabilidade e demais prerrogativas dos servidores públicos”, pontuou.

 

Participaram da reunião, ainda, o vice-presidente do Sinditamaraty, Jansen Martins; o diretor de Assuntos parlamentares da Nova Central, Luiz Gonzaga de Negreiros; e o secretário-geral da Confederação, Lineu Neves Mazano.

WhatsApp Image 2020 03 05 at 16.15.34

 

Acessar
x
x
x