Saúde do Servidor

Assédio Moral

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), 42% da população brasileira já sofreu alguma forma de assédio moral no Brasil. Especialistas afirmam que o setor público é um dos ambientes onde a prática mais se prolifera, tornando se recorrente em muitos órgãos públicos onde predominam o menosprezo e a indiferença ao sofrimento dos servidores. Não fique refém do assediador.
O SINDITAMARATY está ao seu lado! Denuncie!
Envie um e-mail para: contato@sinditamaraty.org.br
Mais informações: http://www.cspb.org.br/cartilha_assedio_moral.pdf

Centro de Atendimento e Estudos Psicológicos (CAEP-UnB)

PRÁTICAS EM CLÍNICA DO TRABALHO do CAEP consiste em construir um espaço de escuta do sofrimento, voltado para mobilização do indivíduo e do coletivo de trabalho e para o desenvolvimento de ações políticas de transformação da organização do trabalho. 

Mais informações: http://lpct.com.br/

Doenças Endêmicas

Os servidores designados em missões do Ministério das Relações Exteriores precisam estar atentos às orientações de saúde e ao risco de transmissões de doenças.

Guia da Saúde do Viajante

Guia da Saúde do Viajante

 

Você também pode consultar informações relacionadas a seu país de destino. Acesse Saúde do Viajante no site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária: http://www.anvisa.gov.br/viajante/

Serviço de Saúde no Exterior

A página Brasileiros no Mundo disponibiliza uma lista, por região geográfica e por país, de estabelecimentos públicos hospitalares e de profissionais de saúde que tratam estrangeiros sem custos ou com custos reduzidos.

Acesse

http://www.brasileirosnomundo.itamaraty.gov.br/temas-sociais/servico-de-saude-no-exterior
http://www.brasileirosnomundo.itamaraty.gov.br/cartilhas/saude

Acesse também:

Centro de Informação em Saúde para Viajantes: http://www.cives.ufrj.br/informacao/viagem/

Preparatório para aposentadoria

Programa de preparo para a aposentadoria da UNB tem como objetivo prevenir o surgimento de transtornos de saúde física e emocional nos últimos anos que antecedem a aposentadoria, promover qualidade de vida e o envelhecimento bem sucedido entre trabalhadores.

Acesse: http://www.ip.unb.br/index.php?option=com_content&view=article&id=67&Itemid=37

Vacinas

Alguns países podem exigir dos cidadãos brasileiros vacinação contra febre amarela para a entrada em seu território. Informe-se a respeito junto ao Consulado ou Embaixada do país para onde pretende viajar.

 

Acesse para obter informações da ANVISA sobre a vacinação contra febre amarela e o Certificado Internacional de Vacinação: http://www.anvisa.gov.br/viajante/

Outras vacinas são recomendáveis de acordo com o país de destino. 

Veja as recomendações no Portal Consular:  http://www.portalconsular.mre.gov.br/

Acesse também: http://portal.fiocruz.br/pt-br/content/vacinas

Entrar
x
x
x